16 de fevereiro de 2011

Abrace questiona encargo

A Associação dos Grandes Consumidores de Energia (Abrace) que lidera o PEC, está partindo para o ataque contra os encargos de tarifas que vêm sendo sistematicamente prorrogados pelo governo federal. Ontem, a Abrace enviou carta à diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) pedindo que o órgão apresente exatamente os valores que os consumidores terão que pagar pela prorrogação da Reserva Global de Reversão (RGR) e do Proinfa. Os projetos do Proinfa têm sido sistematicamente prorrogados causando um prejuízo de R$ 300 milhões, segundo cálculos da Abrace.

Nenhum comentário:

Postar um comentário